Reduza riscos na hora de comprar ou vender imóveis rurais

Comprar ou vender imóveis rurais envolve uma série de fatores e a Acres Imobiliária Rural vai apresentar alguns para lhe ajudar a tomar decisões mais efetivas e obter melhores resultados

Comprar ou vender imóveis rurais nem sempre é tarefa fácil. Diferente do mercado imobiliário urbano, o rural exige uma série de trâmites legais e bastante burocráticos que, se não forem observados, podem acabar com uma negociação e gerar prejuízos significativos para os envolvidos.

Um dos primeiros passos para o sucesso na hora de comprar, por exemplo, é saber qual o tipo de propriedade se deseja para só então iniciar a busca. Ao vender, o foco deve ser na regularização de quaisquer pendências do imóvel e na correta avaliação deste, o que vai facilitar a negociação.

Pensando em ajudar nesse processo, a Acres Imobiliária Rural conversou com a agrônoma, especialista em gestão de negócios imobiliários, Jacqueline Bierhals.

Ela indicou alguns pontos que devem ser levados em consideração ao comprar ou vender imóveis rurais, reforçando a necessidade do comprador saber muito bem o que quer antes de fazer uma oferta em uma área rural.

“A gente tende a embarcar em determinadas oportunidades sem, necessariamente, saber muito o que estamos querendo. Então, a primeira coisa é saber para o que vou usar aquele imóvel, se para produção, investimento…”

Jacqueline Bierhals

Sendo assim, avalie a localização do imóvel rural, a vocação produtiva deste, o clima da região, tipo de solo, enfim, aspectos que, se bem analisados, ajudam a justificar ou não o investimento.

Acesse a entrevista completa no YouTube

Ligue o desconfiômetro para aquelas ofertas muito fora da curva: ou muito baratas ou com promessas de produtividade acima da média, reforça Jaqueline. O cuidado precisa ser redobrado no caso de investidores que não estejam familiarizados com o setor agropecuário.

Lembre-se: nesse cenário, é fundamental a assessoria de uma empresa capacitada, que vai garantir a lisura da negociação e filtrar as melhores oportunidades, conforme o perfil do cliente.

Tecnologia é aliada ao comprar e vender imóveis rurais

As novas tecnologias não só facilitaram o acesso à informação, como também ajudaram a expandir as fronteiras do possível quando o assunto é a compra e a venda de imóveis rurais.

Se antes era preciso ir até a propriedade para conferir in loco as características do espaço, hoje você pode conhecer muito da localidade sem sair da frente do computador ou celular.

Na palma da mão, o comprador acessa diversas informações da propriedade, bastando para isso realizar uma pesquisa em sites de órgãos públicos, como o Incra. Por meio do Sigef, é possível acessar dados de georreferenciamento, por exemplo.

Atenção

Fique atento, pois nem sempre é fácil chegar até estas informações. Por isso, busque o apoio de uma empresa de confiança, especializada na análise de conteúdos relacionados ao universo imobiliário rural.

“Existe uma prática dentro do meio rural de que todo mundo que conhece um imóvel à venda é corretor, mas quando tu começas a perguntar um pouco mais de detalhes daquele imóvel – documentação, produção, clima, existência de algum tipo de gravame -, a pessoa não sabe, pois recebeu uma série de fotos de alguém e encaminhou a informação para frente”.

Burocracia precisa ser respeitada

A quantidade e a complexidade dos documentos que integram o processo de venda e compra de um imóveis rurais é grande. A evolução da transação é trabalhosa porque, além de toda a papelada que comprova a posse da propriedade, existem questões fundiárias e ambientais, que precisam ser respeitadas.

Tendo em vista a legislação atual, que é muito rígida no quesito ambiental, é melhor que o imóvel rural esteja o mais regular possível para poder ser transferido de um proprietário para outro sem acarretar prejuízos. Além de verificar o Cadastro Ambiental Rural (CAR) – documento declaratório que especifica o uso do imóvel e a conformidade com as obrigações ambientais previstas em lei -, você deve buscar informações sobre possíveis embargos.

A criação de um checklist de documentos (veja abaixo), que seja criteriosamente seguido e analisado, pode ser de grande ajuda no processo.

Este primeiro passo é relativamente fácil de ser dado, já que a maioria dos documentos está disponível nos sites do Incra e da Receita Federal, o que facilita a identificação de inconsistências.

“Quanto antes esses documentos puderem ser disponibilizados melhor, pois isso evita deslocamento desnecessário – uma área rural geralmente é distante – e a entrada no negócio, para depois ter que sair, mesmo tendo dado sinal”

Documentos que precisam ser verificados

  • Matrícula do imóvel
  • ITR
  • CCIR
  • Sigef
  • CAR

Dica de Ouro

Ao avaliar a matrícula, confira se não há nenhum gravame que no futuro possa invalidar a venda ou a compra da propriedade: penhoras, hipotecas ou a possibilidade de uma execução capaz de invalidar o negócio devem ser observadas.

Importância do contrato ao comprar ou vender imóveis rurais

Os contratos são fundamentais para resolução de conflitos entre as partes e, quando bem elaborado, raramente causa problemas. Para isso, invista tempo na redação de um acordo equilibrado e com validade jurídica – não adianta tentar incluir cláusulas muito atípicas, que não tenham suporte na legislação – para só então efetuar o negócio. Lembrando que depois de tudo assinado, vem uma outra etapa, o registro em cartório.

“Depois do negócio feito, sempre se recomenda que se faça uma diligência nos cartórios e nos órgãos, como o Incra, para verificar se todas as transferências de titularidade de fato aconteceram”, alerta Jaqueline.

Nesse sentido, entra o apoio do profissional corretor. Este tem a obrigação de acompanhar e verificar todo o processo, até o pós-venda, para evitar problemas. “Quem comprou um imóvel hoje pode ser um futuro vendedor e ele vai lembrar do bom profissional”, finaliza Jaqueline.

Quer vender ou comprar um imóvel rural sem dores de cabeça? Conte com a Acres Imobiliária Rural para intermediar a negociação e ajudar a construir um contrato bem equilibrado e seguro.

2 comentários em “Reduza riscos na hora de comprar ou vender imóveis rurais”

  1. Pedro Menarim

    Muito legal! Como advogado e pós-graduado em direito imobiliário e agente comercial do mercado, me alegra muito ver uma empresa com essas preocupações, garantindo sobretudo segurança jurídica aos clientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *