A decisão de vender seu imóvel rural envolve uma série de aspectos, mais ainda quando a propriedade fica no campo. Além de respeitar a legislação atual, bastante exigente para o meio, o vendedor precisa destacar sua fazenda ao máximo junto ao mercado para garantir bons resultados e evitar prejuízos. Pensando nisso, a Acres Imobiliária Rural preparou algumas dicas para valorizar e vender seu imóvel rural.

1. Clareza no objetivo da venda da fazenda

O vendedor/proprietário do imóvel precisa ter claro o resultado que busca e os passos que deverá dar para alcançar vendeu seu imóvel rural. Precisa do dinheiro para investir em outra propriedade? Quer ampliar seu capital de giro? Deseja pagar dívidas? Cada um desses aspectos vai exigir uma abordagem diferente na hora de fechar negócio e vender seu imóvel rural.

1.1 Preço de venda do imóvel rural

Uma correta avaliação da propriedade é fundamental para vender seu imóvel rural. Não adianta pedir um preço alto demais, se a área à venda não condiz com o valor pedido. Além de afastar possíveis compradores, esta atitude pode desvalorizar ainda mais o imóvel na hora da venda, ampliando o tempo de permanência deste no mercado.

1.2 Velocidade x Tempo de venda

Em quanto tempo você precisa do recurso? Essa é uma pergunta que, além de influenciar no preço de venda do seu imóvel, pode condicionar a estratégia de venda.

Se você precisa vender a propriedade mais rápido, considere baixar o valor. Se você não tem tanta pressa, pode considerar um preço médio de mercado, dependendo das condições em que o imóvel se encontra.

Com mais tempo à disposição, além de você sofrer menos pressão para baixar o preço, pode investir em melhorias que farão seu imóvel se valorizar. Por vezes, as propriedades mais irregulares atraem os compradores mais agressivos na negociação.

Lembre-se: preço e prazo de venda adequados são fundamentais para uma boa liquidez.

2. Revisar e corrigir a situação fundiária e documental

Saiba exatamente qual a situação fundiária, ambiental e tributária do seu imóvel. A venda ou compra de um imóvel rural exige a verificação de vários documentos, incluindo matrícula, CCIR, CAR, ITR, Sigef, dentre outros. Saber como solucionar eventuais problemas com a propriedade, a valoriza e permite agilidade na fase de formalização do negócio.

Fique atento: nem sempre a imprecisão de um documento ou aspecto da propriedade inviabiliza a negociação, mas pode desvalorizar ou fazer os recebimentos se estenderem mais que o desejado. Por isso é importante o apoio de um especialista, que vai analisar cada cenário e identificar a melhor solução.

3. Planejamento tributário

Nos últimos anos, observou-se uma expressiva valorização das terras no país e o valor dos negócios relacionados a imóveis rurais também cresceu, o que chama a atenção dos órgãos responsáveis pela arrecadação municipal, estadual e federal.

Por isso, normalmente o imposto a ser pago na venda de uma fazenda é alto, o que demanda atenção do vendedor.

É possível reduzir os custos da operação, no entanto, isto exige um planejamento tributário bem feito, para que o contribuinte tenha o menor ônus tributário possível.

Após escolher o caminho, é importante definir um plano de ação para preparar o imóvel para que possa ser negociado pelo melhor valor possível e com segurança para os proprietários.

Não esqueça: Um bom planejamento tributário pode ser a diferença entre um bom e um mau negócio na hora de vender uma fazenda. Sendo assim, não venda sem fazer uma análise profissional da situação tributária do imóvel, o que deve ser realizado com o máximo de antecedência.

4. Estratégia de Venda

Com os passos acima definidos, é importante escolher uma estratégia de venda adequada aos seus objetivos. Confira uma lista com algumas estratégias de venda:

5. Divulgação adequada

Você chegou até aqui: já sabe por que quer vender; escolheu um interlocutor; organizou a situação fundiária, ambiental e tributária da propriedade; e vai partir para venda propriamente dita. É hora de divulgar a oportunidade e atrair compradores.

Confira alguns passos importantes nesse momento:

6. Profissionalização da negociação

Escolha uma empresa/profissional qualificado para levar seu negócio adiante. Há no mercado muitos corretores de imóveis, mas poucos estão capacitados para lidar com a complexidade que acompanha a negociação de um imóvel rural. Leve em consideração que essa se assemelha muito mais à venda de uma empresa do que de um imóvel urbano.

Além de ajudar a mapear a situação do seu imóvel e orientar na resolução de possíveis gargalos, o profissional vai ser o elo entre o vendedor e o comprador, e deve estar preparado para defender os interesses do cliente, oferecendo soluções para uma boa negociação.

Também é importante ficar atento para não cair em armadilhas ou escolher um interlocutor inadequado. Pesquise muito e converse com amigos, pedindo a indicação de empresas ou profissionais de confiança. Não esqueça de levar em consideração os potenciais compradores que o interlocutor vai acessar e a forma de apresentar o imóvel.

Dê preferência aqueles que, além de anunciar a propriedade, vão lhe orientar corretamente e com transparência sobre como vender o imóvel, e fazer um diagnóstico desta, montando uma estratégia adequada de venda. É importante saber e registrar quem está trabalhando o imóvel e para quem este foi apresentado. Isso evita a “queima” da propriedade junto ao mercado imobiliário.

 O que buscar no profissional ou empresa

Atenção: o barato muitas vezes sai caro. A venda de um imóvel rural quase sempre envolve grandes somas em dinheiro, portanto, vale a pena investir na assessoria de uma empresa de confiança para garantir uma negociação tranquila e correta, que não acarrete prejuízos ou dores de cabeça no futuro.

Está pensando em vender sua propriedade rural e precisa de ajuda? Entre em contato conosco e saiba como podemos lhe auxiliar.

4 respostas

  1. Somos 4 irmãos, nosso Pai faleceu a mais ou menos 7 anos.., deixando uma área rural como herança. Já fizemos o inventário, a documentação está ok, e se encontra com nosso irmão. Como todos os quatro moram em cidades do RS e não temos como investir ou trabalhar a terra herdada, gostaríamos de vender. Trata-se de uma terra de mato fechado, sem casa, sem energia elétrica, pois se localiza longe do povoado. Diante disso, é preciso investimento para abrir estradas, etc, tornar habitável. Tem um detalhe que poderia interessar alguns compradores como, quem possui maquinários para exploração de garimpos, já que o local tem área para trabalhar com garimpo de pedras preciosas ( ametista). Gostaríamos de vender, pois não temos como investir e a terra fica abandonada.

  2. bom dia estou vendendo minha chácara 10 hequitares casa sede sala cozinha 2 quartos hóspedes 1 suíte com banheira hidromassagem1 banheiro hopedes lavanderia garagem 10 carro 1 casa com duas moradia galpão com currais galinheiro chiqueiro cozinha caipira com forno dependecia empregado 2 banheiros 2 depósito poço artesiano caixa d’água 15.000 litros toda cercada e formada 3 represa. terra sobre conseção com terracap contato sr Francisco 61 981850728

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *